O quebra-cabeças Social-Democrata

Posso imaginar o enfado da imprensa pelo repetido martelar do assunto TGV e Espanha nesta campanha.

Não será muito aliciante para o trabalho diário de um jornalista assistir à repetição à náusea da argumentação sobre o assunto. No entanto e embora as elites – espécie que não estou certo que exista – tenham franzido o nariz aos argumentos de Manuela Ferreira Leite, os argumentos calam fundo no povo e considero fazerem parte de uma jogada muito inteligente e pensada. Como morrer afogado, cair de um precipício ou cegar são “terrores” íntimos, no caso dos portugueses, do povo na rua, a “ameaça espanhola” é um medo ancestral e histórico.

Que o PS se tenha deixado enredar só se explica por desespero e desorientação. Diga-se de passagem que a jogada é inteligente e obriga a uma “resposta” inteligente. Não sei se a inteligência não é uma qualidade demasiado escassa por aquelas bandas e pelos exemplos espanhóis parece ser também esse o caso no PSOE.

O único candidato, para além de Manuela Ferreira Leite, que percebeu a armadilha foi Paulo Portas que já tratou de desclassificar a questão ao máximo e sugerir outros assuntos. Percebe-se a urgência da iniciativa quando assistimos aos restantes candidatos a tentar fazer piruetas mentais com o quebra-cabeças social-democrata.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: