Promessas são promessas e que se dane o resto

(…)

Como sabemos – alguns felizardos não saberão, a notícia passou-lhes despercebida – o senhor Ministro da Economia decidiu recentemente transferir de Coimbra para Aveiro a direcção regional de economia da região Centro.
A transferência não se deve a uma concepção alternativa da organização periférica do Ministério. Não tem por base um estudo visando o aumento da eficácia dos meios disponíveis.

(…)

A razão, profunda, decisiva, evidente para o senhor Ministro, foi a promessa eleitoral que fez nesse sentido. Quando, nas últimas legislativas, se candidatou por Aveiro. Não, não estou a inventar.
Foi a razão que o gabinete do senhor Ministro apresentou à Comunicação Social como fundamento da decisão, conforme foi noticiado e não desmentido.
Dane-se o interesse público. Esqueça-se o Ordenamento do Território. Qual combate às assimetrias regionais! Isso do posicionamento dos meios públicos tendo em atenção as necessidades, é perfeitamente inoportuno. Até porque uma promessa, é uma promessa.

(…)

Rogério Gomes (ler tudo aqui)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: