Um pouco mais de verdade

José António Barreiros, veio de novo a terreiro, através de uma carta ao Director do Público, esclarecer alguns pontos sobre a demissão de Alberto Costa no Caso Emaudio/TDM, que o Público recuperou neste fim-de-semana.

Para quem estiver interessado aqui está o link, ou como o próprio designa: o post kamikaze.

Transcreve-se as suas conclusões sobre a moral da história: preparem-se os senhores magistrados, pois o Ministro ABC entende que se funcionários superiores do Ministério – apenas na sua qualidade de cidadãos – os contactarem, através de amigos, nas suas residências, para discussões «académicas» sobre temas integrantes do objecto de processos de que sejam titulares com arguidos presos, visando modificar-lhes o ponto de vista que mantenham sobre os casos, isso é conduta legal e não censurável.”

Também aqui no 31 da Armada


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: