The story so far…

 

 

 

O que temos neste Congresso? Uma moção de Miguel Frasquilho, estruturada e séria. Um discurso digno desse nome, centrado no que interessa, honesto, directo de Pedro Passos Coelho. As listas. A aprovação de todas as moções com excepção da Moção H.

Santana Lopes a entrar no início de uma intervenção de MFL, após anúncio excitado de umas “jornalistas” algarvias junto dos colegas de que “O Santana vem aí!”.

O resto, sem desmerecer uma ou outra intervenção bem intencionada, foi uma sucessão de panegíricos e odes à líder eleita, habituais de estas alturas. Valem o que valem e durante o tempo que forem úteis.

 

Santana fala agora, em último lugar, como de certeza sempre quis. Mais uma vez, é a oportunidade mediática e a forma. Quanto ao conteúdo, justificativo, discordando de MFL para defender as suas prestações, o seu papel, ele, Santana. Com entrevistas, sem entrevistas, com críticos ou sem críticos, como peixe na água, ele e só ele.

Anúncios

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: