As primeiras palavras

Num discurso calmo e pausado, nas palavras de LR, a Presidente do PSD disse em 20 minutos coisas como “Não vamos fazer uma oposição de casos, mas de políticas”.

Não está mal, mas depois…

” (…) assumimo-nos plenamente como alternativa de Governo ao Partido Socialista.

Perante o esgotamento do Governo, perante a incapacidade dos socialistas de governar em situações de crise, esta é a oportunidade para o fazermos”

e

Depois do discurso de Manuela Ferreira Leite, Angelo Correira ainda quis continuar com os trabalhos. Mas rapidamente concluiu que os desejos dos delegados eram outros. “Estou a ver que o Congresso está com fome”. E o Congresso foi jantar, no primeiro intervalo dos trabalhos.

…desgraça.

Anúncios

Etiquetas:

Uma resposta to “As primeiras palavras”

  1. MFerrer Says:

    Como justificação para chegar ao poder, não podia ser mais oportunista.
    Como oportunidade para poder justificar-se, perdeu-a, não chegou lá.
    É que não há segundas oportunidades para criar uma boa primeira impressão…
    Desgraça, diz bem
    MFerrer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: