A derrota pessoal que é toda dos outros

“Este resultado provoca um profundo desapontamento a mim e a todos aqueles que lutam por uma Europa mais forte, que ultrapasse a crise institucional e se afirme no mundo e dê um sinal de confiança à sua economia e ao seu futuro”

in Público

Os que votaram Não segundo José Sócrates:

Querem uma Europa mais fraca?

Não querem ultrapassar a crise institucional?

Não querem que a Europa se afirme no mundo?

Não querem dar sinais de confiança à economia europeia?

Não querem um futuro europeu?

Há ainda uns loucos desvairados que acham que a crise institucional da Europa reside em líderes como José Sócrates e a sua visão da Europa, que são líderes como ele que tornaram a Europa mais fraca, menos participativa, presa a quem claramente não tem estrutura para compreender que esta derrota decorre dos seus erros pessoais e não de uma hipotética incompreensão do seu mais que duvidoso génio.

Anúncios

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: