Conformismo

Óptimo post do AMN

Há quem goste de pregar o Estado laico enquanto abertamente defende que este adira às modernas religiões, assentes também na esperança de um mundo de homens bons, como a ecologia ou o higienismo. E há quem, a propósito de um Estado laico, se entretenha a defender o laicismo da sociedade. Uns e outros são os modernos ditadores do nosso tempo. Gostam demasiado de exercer o poder para comandar as nossas vidas. Para o nosso bem. Para a nossa salvação. 

Há aqui uma questão muito curiosa. Qual é o mecanismo, se existe um, que determina que certas pessoas julguem necessário afirmar  que elas é que sabem como todos os outros se devem comportar, ou mesmo o que determinou o nível de confiança necessário para imporem a sua visão do mundo como a única possível ou aceitável. Por outro lado, os exemplos muitíssimo actuais de AMN fazem-me pensar que existe na sociedade  actual, por várias razões que vão desde a simples falta de tempo para aprofundar o que nos é dito até à histórica dependência de uma organização que exerça uma tutela sobre as nossas vidas, uma pouco saudável tendência para viver num Estado totalitário ou no mínimo uma pulsão colectiva para o conformismo.

Anúncios

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: