Risco para quem exactamente?

“É uma coisa perfeitamente normal e não vejo que haja qualquer tipo de intimidação. Acho é que a PSP está simplesmente a cumprir as suas funções e a desempenhar as suas tarefas no sentido de garantir que quem queira exercer os seus direitos constitucionalmente garantidos o possam fazer em segurança e sem nenhum risco”, afirmou à Lusa Vitalino Canas.

Seria bom que Vitalino Canas fosse perguntar que resposta deve dar a um qualquer jornalista que se lembre de perguntar que risco e que problemas de segurança estavam na cabeça das autoridades que justifiquem esta preocupação.

Anúncios

Etiquetas:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: